Nova Vida aos 75

“O negócio que começou na construção civil, com pouca mão de obra e métodos rudimentares, evoluiu até se tornar numa empresa com várias áreas de negócio e uma projecção internacional. A Lucios, fundada em Junho de 1943, assume-se hoje como muito mais que uma construtora, tendo-se especializado no segmento da reabilitação urbana que, de momento, ocupa 60% das obras que tem em curso”. «A experiência adquirida ao longo de 75 anos de existência, e recorde-se que a Lucios sempre teve uma área dedicada à promoção imobiliária, permitiu-nos lançar num novo desafio e também aproveitar a oportunidade do mercado”.         In Executive Digest

Lucios converte antiga sede do FC Porto em hotel

” O projecto de reabilitação prevê a criação de um hotel de charme com 54 quartos, um restaurante e bar, com forte ligação ao universo do FC Porto e com abertura prevista para o primeiro trimestre de 2020. A Lucios vai ser responsável pelos trabalhos de reconversão da antiga sede do FC Porto, localizada na emblemática Avenida dos Aliados, numa unidade hoteleira de charme, um investimento estimado em 2,8 milhões de euros. A requalificação e renovação do edifício foi entregue à construtora do Grupo Azevedos e foi definida na sequência do concurso público lançado pelo clube. O hotel, desenhado pela arquitecta Rosário Rodrigues, do atelier FA Arquitectos, tem abertura prevista para o primeiro trimestre de 2020 e será concessionado por um período de 20 anos. Após esse período, o imóvel ficará na posse do FC Porto”.                                                            In Construir (de 25-01-2019)

Projeto de Investigação e Desenvolvimento.

Na sequência do contrato de empreitada celebrado pela Lucios e a Parque Escolar para a ampliação das Escolas de Vila Verde e Trofa foi realizado um Projeto de Investigação e Desenvolvimento sobre o Tema: Gestão Sustentável e Eficiente da Construção e de Operações de Reabilitação de Edifícios. Para mais informações o processo está disponível para consulta AQUI.

Famílias recebem chaves das suas novas casas | In Diário de Coimbra

SANTA COMBA DÃO Maria de Lurdes Mota, em São Joaninho, e Pedro Varela e respectiva família, em Treixedo, receberam na semana passada as chaves das suas novas casas, depois de terem ficado sem nada no incêndio de 15 de Outubro de 2017.
O presidente da Câmara Municipal de Santa Comba Dão, Leonel Gouveia, e a presidente da Comissão de coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) Ana Abrunhosa, fizeram a entrega simbólica das habitações, que foram reconstruídas ao abrigo do Programa de Apoio à Reconstrução de Habitação Permanente
(PARHP).
A par da nova casa, os proprietários foram, igualmente, contemplados com novas camas e sofás, oferecidos pela
empresa Aquinos, no âmbito de um apoio que abrange todas as casas, cuja reconstrução total está entregue à CCDRC.
No mesmo dia, Ana Abrunhosa e Leonel Gouveia percorreram diversas localidades.

do concelho, onde visitaram obras de reconstrução total e parcial, apoiadas pelo PARHP, tendo sido acompanhados por técnicos do município, da CCDRC, da MC2E (responsável pela fiscalização), e do consórcio ‘Edivisa’ | ‘Lucios – Engenharia e Construção’ (responsável pelos trabalhos de reconstrução das habitações).
No local, a comitiva contactou directamente com muitos proprietários e respondeu a diversas questões relacionadas
com os projectos, verificando, igualmente, o desenrolar das obras, que se encontram em diferentes fases de execução.
No concelho de Santa Comba Dão estão concluídas 35 obras de reconstrução total e parcial, desenvolvidas no âmbito
do PARHP, num valor aprovado de mais de 5,5 milhões de euros, e diversas intervenções realizadas por particulares
e apoiadas financeiramente ao abrigo deste programa, num montante aprovado que ultrapassa 1 milhão e 100 mil euros.

In

Essenza com um sucesso de vendas na ordem dos 80% | In diarioimobiliario.pt

O novo condomínio de luxo do Porto, com uma localização privilegiada, junto ao Parque da Cidade, está a ser um sucesso de vendas com procura de moradores locais a estrangeiros.

Composto por 25 apartamentos com tipologias de T1 a T5 Duplex e conta com jardins e piscinas em alguns dos apartamentos. Até ao momento foram vendidas 80% das habitações, já estando todos os T1, T2 e T3 colocados.

Para além da construção, a Lucios está também responsável pela comercialização do empreendimento, em regime de parceria, através da Lucios Real Estate, nova área de negócio do grupo. Desta forma, concentra internamente toda a cadeia de valor do projecto, desde a promoção, a construção, a selecção dos materiais até ao serviço pós-venda.

Segundo Filipe Azevedo, administrador do Grupo Azevedo’s, que detém a marca Lucios, mais de 3/4 das 25 habitações já se encontram vendidas, superando as nossas melhores expectativas. Por oferecermos um serviço integrado, sentimos uma grande confiança por parte do cliente final, que vai desde investidores Golden Visa a compradores locais, estes últimos em significante maioria”.

O projecto é assinado pelo arquitecto Manuel Ventura e pelo decorador de interiores Paulo Lobo. Em destaque está ainda a integração de opções tecnológicas inovadoras: cada habitação integra um sistema de Home Automation topo de gama capaz de controlar a iluminação, temperatura, som e imagem. Para maior segurança e privacidade dos moradores, o Essenza está também dotado de um lobby e um serviço portaria de 24h, bem como de diferentes sistemas de videovigilância nas zonas comuns e controlo de acessos, ou elevadores com codificação por piso.

http://www.diarioimobiliario.pt/Habitacao/Porto-Essenza-com-um-sucesso-de-vendas-na-ordem-dos-80

 

Lucios lança projectos chave-na-mão | Entrevista a Filipe Azevedo | In Publituris

FILIPE AZEVEDO, administrador da construtora Lucios, explica no que consiste a nova área de negócio da empresa, que aposta num produto ‘chave-na-mão’.

O que levou a Lucios a apostar num novo modelo de negócio?
Na verdade, ao longo destes 75 anos de história, fomos, em função dos ciclos de mercado, realizando projectos de promoção imobiliária, sobretudo na área residencial.
Foi, no fundo, por um lado, percebendo as oportunidades do mercado, e, por outro, capitalizando quer toda a experiência em projectos de promoção, construção e reabilitação, quer as valências das várias empresas do grupo, que entendemos poder criar uma oferta de valor acrescentado para investidores e exploradores, tendo desta forma criado a Lucios Real Estate.

No que consiste, em concreto, o projeto ‘chave na mão’?
Com uma solução chave-na-mão, assumimos a condução e execução de todo o processo, garantindo ao cliente a entrada em funcionamento do imóvel, na data contratada.
Desta forma, temos capacidades internas para executar o procurement e a aquisição do imóvel, o financiamento do projecto, o desenvolvimento e licenciamento de projectos, a construção e o licenciamento do edifício e da actividade, cumprindo os requisitos do cliente em termos de capacidade, requisitos funcionais, qualidade e prazos.
Além das competências técnicas temos a capa cidade de integração dos serviços de empresas do grupo (central de betão, carpintaria, materiais de construção, domótica, etc.), o que nos tem garantindo a apresentação de propostas
de valor extremamente competitivas.

Qual o valor que estimam investir neste novo modelo de negócio?
Até ao momento a Lucios investiu cerca de 150 milhões de euros em projectos ‘chave-na-mão’.

Já têm projectos à luz desta nova área da empresa?
Sim, temos projectos em fase de exploração, em fase de construção e vários outros em fase de licenciamento.
Neste momento, na área da hotelaria, podemos destacar o caso do The House Ribeira Hotel e do Almalusa Boutique Hotel, onde, em ambos, além de promotores temos também uma participação enquanto investidores. Também
a espanhola Catalonia Hotels & Resorts, que contará com a sua primeira unidade hoteleira em Portugal, na antiga Pensão Aviz no Porto, confiou na Lucios para assegurar todo o processo imobiliário, desde a aquisição do imóvel, a execução do projecto, licenciamento, construção, assessoria e consultoria, um projecto que contou com um  investimento de 14 milhões de euros. Ainda na área da hotelaria, estamos a avançar com um hotel do Grupo Accor, sito da Rua do Bonjardim e um outro, muito bem localizado na Praça Carlos Alberto.
Temos ainda vários projectos nos sectores residencial, hoteleiro e de serviços que se encontram em fase de montagem de negócio e licenciamento. No segmento industrial, a francesa Mecachrome, produtora de peças
metálicas para a aeronáutica, colocou nas nossas mãos toda a execução do projecto.

Ver mais:

In Publituris Hotelaria | 01-10-2018

 

Lucios Real Estate entra no mercado imobiliário | In Vida Económica

No ano em que comemora 75 anos, a Lucios vira as suas atenções para um novo setor de atividade.

A Lucios Real Estate conta com um investimento de 150 milhões e tem em carteira alguns dos projetos imobiliários
mais importantes dos próximos anos, no Porto.
Refl exo da postura atenta e proativa do Grupo Azevedo’s no mercado, a Lucios Real Estate é uma das principais novidades do ano 2018 no panorama imobiliário nacional. Responsável por projetos ‘chave na mão’, concessões e projetos imobiliários, a empresa dispõe já de 100 colaboradores fi xos dedicados a esta área de negócio.
Na tentativa de completar as áreas da construção e reabilitação, a Lucios começou a dedicar-se à comercialização
de projetos nos segmentos Residencial, Retail e Escritórios, nos anos 90.

Do vasto portefólio, destacam-se obras como o histórico edifício da baixa do Porto, o Passeio das Cardosas, na vertente Residencial, o Mercado Beira-Rio, localizado em Vila Nova de Gaia, em Retail, e o Via Norte Trade Center, na Maia, na vertente de Escritórios.

Este ano a empresa aplica toda a sua experiência e reforça a aposta no setor Residencial, com a construção e promoção de dois importantes empreendimentos de luxo na cidade do Porto. Com localizações privilegiadas
perto da natureza e do centro, o Essenza, junto ao Parque da Cidade, e o Montevideu Six Villas, na Foz, prometem
atrair compradores de diferentes nacionalidades.

O investimento próprio ronda os 40 milhões de euros.
A Lucios Real Estate tem ainda em carteira outros importantes projetos.